fbpx

41 99667-1029

comercial@emporiodolupulo.com.br

Como fazer kombucha em casa?


O kombucha é uma bebida probiótica feita há vários séculos, apesar de estar fazendo sucesso mais nesse momento. Sua origem ainda é um pouco incerta, mas acredita-se que tenha sido fabricado pela primeira vez em uma região entre a China e a Rússia.

 

A bebida é feita a partir da fermentação do chá preto (pode-se usar qualquer tipo de chá Camellia sinensis ou outras infusões cafeinadas como o mate) e é levemente gaseificada, ácida e adocicada. A cultura de bactérias e leveduras usada para fermentar o kombucha pode ter até 30 microrganismos, formando uma camada gelatinosa na superfície.

 

Por ser uma bebida probiótica, com uma grande quantidade de vitaminas e nutrientes se popularizou pelos supostos benefícios à saúde e conquistou a turma que busca um estilo de vida mais saudável.

 

O melhor de tudo é que ela é muito fácil de fazer e vamos ensinar a receita neste artigo.

Benefícios do kombucha

Essa bebida milenar além de ser uma delícia traz muitos benefícios para a saúde, principalmente a do intestino. Como a maioria dos especialistas em saúde afirma que a receita para o bem-estar é manter o intestino funcionando bem, o kombucha é ideal e tem feito muito sucesso.

 

Como é feito a partir da fermentação controlada, possui qualidades probióticas que melhoram o intestino, ajudam na digestão, na imunidade, no metabolismo, além de vitaminas do complexo B e K provenientes do processo metabólico dos microrganismos. Seu gosto ácido que lembra o vinagre pode ser suavizado com frutas e ervas.

Mas a pergunta mais importante: o que é necessário para se prepará-la? A seguir, te passaremos o passo a passo de como preparar um delicioso kombucha em casa.

Passo a passo para fazer kombucha em casa

Um detalhe muito interessante do kombucha é que ele tem a personalidade de quem o faz, podendo ser mais doce ou mais seco e levar frutas ou especiarias. A bebida é excelente para quem está buscando uma vida mais saudável e perfeita para substituir refrigerantes e bebidas alcoólicas.

Ingredientes e equipamentos

  • 1 colônia de Kombucha e 100ml do starter (líquido que fica com a colônia e acelera a fermentação);
  • 1 litro de chá adoçado ao seu gosto (pode ser chá branco, chá mate, chá preto, chá verde…). Prepare o chá com água filtrada para remover contaminantes, aditivos e produtos químicos, como cloro e flúor;
  • 1 pote de pelo menos 1 litro que será usado para fermentar e que tenha uma boca larga que entre uma mão;
  • 1 garrafa pet de pelo menos 1 litro que será utilizada para o envase;
  • frutas do seu gosto ou especiarias como cravo, canela, etc, para saborizar.

 

Modo de preparo

  • o primeiro passo é misturar o chá adoçado em temperatura ambiente com a colônia e o starter;

 

  • após você deve cobrir o pote com um pano e elástico e deixe em temperatura ambiente por pelo menos 7 dias. Evite o contato com a luz solar;

 

  • você pode experimentar o chá de 2 em 2 dias para acompanhar a mudança do sabor. Conforme a temperatura, o kombucha pode levar de 5 a 15 dias para estar pronto. O ideal é que ele fique menos doce e não tão acético.

 

  • após fermentar pela primeira vez, coloque 90% do líquido em uma garrafa pet e saborize ao seu gosto. Você pode utilizar frutas, suco de frutas, cardamomo ou especiarias como cravo e canela;

 

  • feche a garrafa e não coloque na geladeira até pegar pressão naturalmente (a garrafa fica estufada). Após pegar pressão, pode-se colocar na geladeira e beber gelado. Para que o sabor não altere, beba-o em até dez dias;

 

  • o scoby e o líquido restante servem para fazer uma próxima leva de kombucha. Apenas adicione mais chá e recomece o processo. Se você não for preparar mais, adicione 500ml de chá e deixe por até 2 meses em um local fresco. Se achar o sabor do chá ficar muito acético, substitua 90% do chá e recomece deixando fermentar por menos tempo.

Foto: Rogério C. Abreu Lima

 

Use e abuse da sua criatividade e do seu gosto para fazer o seu kombucha!

 

Fala cervejeiro! Está curtindo nossos posts? Não deixe de comentar! 🙂