Como são as reações enzimáticas na cerveja?

Como são as reações enzimáticas na cerveja?

by emporiodolupulo

Sempre que falamos de mostura, devemos levar em consideração como o amido é quebrado em açucares fermentáveis, e como é possível surgirem enzimas mágicas ali dentro da panela.

Acontece que estas enzimas já estão no grão de malte, só não foram ativadas ainda.

Mas quem ativa estas enzimas então???  Simplesmente o calor, por isso estabelecemos vários tipos de rampas de temperaturas e tempos para executarmos nossas receitas.

Mas a ideia aqui não é falarmos das rampas de temperatura e seus tempos e sim trazer um esquema para entender como funcionam estas reações enzimáticas a partir do grão de malte.

O esquema das reações enzimáticas, leva em conta que as enzimas se difundem do grão para o mosto e assume-se que toda conversão enzimática é realizada apenas pelas enzimas dissolvidas no mosto.

Deu para sacar como ser cervejeiro é foda? A coisa é meio complexa mesmo, e quando se faz cerveja, se faz ciência, se faz arte!